A matemática do tempo é tão simples quanto 2 + 2? A matemática do tempo é mesmo linear? Quais os principais fatores que podem interferir na fórmula que pode ser o segredo do seu sucesso na administração do tempo?

Você já pensou sobre isso? É essa matemática — de forma simplificada — que eu ensino nos meus cursos! Vem comigo entender um pouco melhor.

Você distribui todo o seu trabalho em 8 horas produtivas?

Será que em todo o período de trabalho você está sendo realmente produtivo? Você considera o período de transição entre atividades? Os períodos de intervalos para lanche, água, etc? E a procrastinação? E o tempo nas redes sociais?

Somos máquinas ou seres vivos?

Queremos acreditar que somos uma máquina produtiva na hora de planejar. Mas, a realidade é um pouco diferente disso, certo? E isso não quer dizer que não sejamos bons profissionais… mas sim que precisamos nos planejar melhor e considerar os fatores que envolvem esse cálculo de forma mais realista. Veja:

  • 24h – 8h de trabalho – 8h de sono = 8h para o resto da vida.

(Isso inclui deslocamentos, estudos, alimentação, exercícios, banho, cuidar da casa, dos filhos, da família, do lazer, etc).

  • 24h – 12h de trabalho = 12h para dormir e viver.

Quanto mais tempo no trabalho, menos tempo pro restante. Se a matemática da administração do tempo fosse estritamente linear, teríamos aqui o segredo do sucesso profissional (para aqueles que só estão interessados nisso). Contudo, ter um sono de qualidade e se cuidar — como alimentação saudável e atividade física, por exemplo — geralmente se revertem em um horário efetivo de trabalho muito mais produtivo.

Coeficientes diferenciados!

Considero que alguns fatores da fórmula do tempo possuem coeficientes positivos de produtividade, pois eles funcionam como um investimento de tempo que te trarão um boost de produtividade. Já outras atividades, como a procrastinação e as redes sociais, geralmente possuem coeficientes negativos em relação à sua produtividade. (A não ser que você consiga aplicar a procrastinação produtiva, que eu te conto melhor no meu curso de produtividade).

Planejamento realista

A dificuldade com um planejamento realista e a conta matemática do tempo tem a ver com esquecer detalhes importantes ao fazer a administração do tempo no trabalho, como colocar intervalos, deslocamentos, momento para respostas e outros blocos de tempo importantes que existem no nosso dia a dia e que são, muitas vezes, desconsiderados, como o próprio planejamento.

O planejamento realista só é possível com um acompanhamento constante do que está sendo feito e do que se pretende fazer. Comparar o planejado com o executado, independentemente do resultado, é o que te trará mais consciência de tempo.

Compreenda seu limite e faça melhores escolhas!

Essa conta só fechará quando você tiver mais consciência de tempo para saber quanto tempo gasta para cada tipo de atividade e como é a distribuição ideal da sua energia e das suas funções ao longo do seu dia e semana.

Assim, você terá mais consciência do seu limite de tempo e de energia. Com essa consciência, ficará mais fácil olhar para a sua lista de tarefas e entender que terá que priorizar e, muitas vezes, descartar algumas coisas.

Como você pode melhorar a sua administração do tempo?

  • Abrindo tempo para organização e planejamento.
  • Criando uma estratégia de distribuição de funções e horários, de acordo com sua realidade e seu ciclo produtivo.
  • Revisando esse processo de administração de tempo e evoluindo constantemente.
  • Valorizando o que te ajuda a ser mais produtivo, aprendendo a falar não, fazendo melhores acordos, executando com qualidade e comemorando sua evolução.

É somente através da consciência — do seu tempo, do seu limite e do que é mais importante pra você — que você fará melhores escolhas e uma melhor matemática do tempo: dividindo esforços e multiplicando resultados! É possível fazer uma boa gestão do tempo e produtividade e eu já vi centenas de pessoas melhorando sua vida e seus resultados nesse processo.

Se você tem interesse em levar isso para sua vida ou sua empresa, não deixe de me contactar, para que possamos conversar a respeito dos cursos e consultorias de organização individuais.